Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Postado por em mar 13, 2018 em Notícias, Slides | 0 comentários

Em Assembleia, Trabalhadores e Trabalhadoras Ecetistas de Bauru e região, suspendem a paralisação e mantém o Estado de Greve

Em Assembleia, Trabalhadores e Trabalhadoras Ecetistas de Bauru e região, suspendem a paralisação e mantém o Estado de Greve


A decisão foi tomada diante do julgamento do TST para o plano de assistência médica da categoria. Ainda há muitas dúvidas, que serão esclarecidas nos próximos dias pelo jurídico da FINDECT. Além disso, outros pontos da pauta, como o DDA, suspensão das férias e extinção do cargo de OTT, ainda não foram resolvidas.

Por esse motivo, a categoria decidiu encerrar a paralisação, mas manter o Estado de Greve. Para pressionar a Empresa a negociar e apresentar uma resposta imediata para a pauta de reivindicações dos Trabalhadores. Portanto, a partir das 0 hora do dia 13, todos devem retornar ao seus postos de trabalho normalmente, mas mantendo-se sempre atento ao chamado do Sindicato para a luta!

Decisão do TST deixa muitas dúvidas:

A decisão do julgamento de dissídio coletivo que trata da assistência médica da categoria deixou muitas dúvidas nos Trabalhadores. O ponto principal é com relação aos pais e mães dos Trabalhadores. Segundo notícia publicada pelo TST logo após o julgamento (leia aqui), os pais e mães permanecem no plano, nos mesmos moldes de hoje, até agosto de 2019. Após esse período, a Empresa e Trabalhadores deverão aprovar um plano familiar para cobrir esses dependentes.

Além disso, há muitas dúvidas com relação à mensalidade que será cobrada do Trabalhador. Por isso, o Jurídico do SINDECTEB e da FINDECT estão aguardando a publicação do Acórdão, pelo TST, para divulgar seu posicionamento.

IMG_1133

 

Deixe uma Mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.