Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Postado por em ago 10, 2018 em Campanha 2018/2019, Notícias, Slides | 0 comentários

SINDECTEB e FINDECT reunidos com TST para esclarecer proposta

SINDECTEB e FINDECT reunidos com TST para esclarecer proposta

Na tarde desta quinta-feira (09 de agosto), a FINDECT participou de reunião no Tribunal Superior do Trabalho para discutir a proposta feita pelo Vice-Presidente, Ministro Renato de Lacerda Paiva  para o Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019.

A Federação solicitou o encontro para buscar esclarecimentos sobre o despacho do TST, publicado na última terça-feira, horas antes das assembleias de Trabalhadores e Trabalhadoras, que votariam a deflagração da greve nacional da categoria.

O despacho incluía uma proposta que previa a reposição da inflação do período (3,68% – INPC) e manutenção da redação do ACT vigente.

Participaram da reunião o Presidente e o Vice-Presidente da FINDECT, José Aparecido Gimenes Gandara e Elias Cesário (Diviza), acompanhados da assessoria jurídica da Federação e de representantes da FENTECT.

No Tribunal, o vice-presidente do TST ouviu as manifestações dos representantes dos Trabalhadores, e publicou um novo despacho prorrogando a validade da proposta apresentada para um dia após as Assembleias de Trabalhadores, que acontecem no dia 14 de Agosto.

Dia 14 será momento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Ecetistas avaliarem a proposta completa do TST. No entanto, é importante que todos conheçam os detalhes para votar o futuro do Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2018.

Por isso, em breve, a FINDECT e o SINDECTEB irão divulgar mais informações e esclarecimentos efetuados na reunião de ontem.

O SINDECTEB reforça o chamado para a união da Categoria na Campanha Salarial deste ano. Somente com espírito de coletividade as vitórias serão conquistadas pelos Trabalhadores!

LEIA O INFORMATIVO 022/2018 da FINDECT para saber mais sobre a reunião de ontem. 

NENHUM DIREITO A MENOS!

 

Deixe uma Mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.