Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Postado por em maio 3, 2019 em Notícias, Sem categoria, Slides | 0 comentários

10 motivos para não aceitar a privatização da ECT

10 motivos para não aceitar a privatização da ECT

O SINDECTEB preparou uma lista com 10 motivos pelos quais a ECT não deve ser privatizada.

O Sindicato partilha da opinião das correntes favoráveis à manutenção da ECT como empresa pública. A posição anti-privatização é defendida por Sindicatos, Federações, Associações de Funcionários e até por economistas e cientistas sociais, que analisam os impactos financeiros e nos direitos da população brasileira.

Vender os Correios é um gigantesco erro. Um possível acordo de venda da ECT marcará eternamente a atual equipe de Governo, principalmente por se tratar de um dos maiores deslizes administrativos da democracia brasileira. 

A ECT é soberana, dá lucro e não depende de repasses da União para se manter estável. O que ocorre hoje em Brasília é uma onda neoliberal populista, no qual políticos estão utilizando a privatização como uma forma de angariar popularidade junto à parcela conversadora e reacionária da sociedade brasileira, que crê no neoliberalismo e enxerga nas privatizações uma forma de economizar recursos estaduais e reduzir a intervenção estatal na economia. 

Nossa empresa é um patrimônio histórico do Brasil. País nenhum deve colocar uma placa de vende-se sobre sua história, portanto, o SINDECTEB rejeita permanentemente a possibilidade de venda dos Correios.

Abaixo, separamos 10 razões para justificar a existência dos Correios como empresa pública. Aproveite para baixar o PDF e compartilhar com seus colegas de trabalho e familiares. Ajude mais e mais pessoas a conhecerem sobre a realidade dos Correios e as justificativas para evitar qualquer privatização!

Privatização

Deixe uma Mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.