Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Postado por em jun 4, 2019 em Notícias, Slides | 0 comentários

Comissões da FINDECT relatam sua luta durante Congresso

Comissões da FINDECT relatam sua luta durante Congresso

As Comissões formadas pela FINDECT em setembro do ano passado, durante encontro realizado em Bauru, estiveram presentes no 8º Congresso da Federação para expor os resultados colhidos durante 7 meses de trabalho.

Tanto as questões de saúde quanto as que envolvem os planos de previdência privada foram temas amplamente debatidos durante o Congresso. Veja mais sobre as ações tomadas pelas Comissões.

COMISSÃO DE SAÚDE:

Os representantes da Comissão de Saúde apresentaram um balanço de tudo que foi discutido com a empresa e com outras entidades representativas, políticos e parceiros da luta sindical sobre os planos de saúde.

A exposição contou com participação do atuário contratado pela Federação para auxiliar as negociações junto à Empresa, André Calheiros. Os membros da comissão atualizaram os demais companheiros sobre as informações obtidas ao longo dos sete meses de trabalho, que envolveram reuniões na sede da empresa em Brasília, além de ações pontuais na região dos sindicatos e também junto às diretorias regionais.

Vale ressaltar que um dos pontos destacados durante a fala da Comissão de Saúde teve relação com o relatório de gastos com os planos de saúde. A direção da ECT ainda não apresentou relatórios com os gastos do plano. A FINDECT solicitou acesso à informação, para que houvesse sustentação na argumentação e real conhecimento da situação do Plano de Saúde dos trabalhadores. A Federação entende que a luta para manter os pais nos planos é a principal bandeira neste momento.

COMISSÃO POSTALIS:

Os representantes da comissão do Postalis apresentaram os encaminhamentos da luta contra a continuidade da intervenção da PREVIC, que completa 1 ano e 8 meses, e ainda não demonstrou resultados que a justificassem.

O companheiro Marcos Sant’Águida relembra que, ao ser determinada a intervenção, a representatividade dos Trabalhadores no fundo de previdência complementar foi impedida. “Os resultados da última eleição para conselho e diretoria não foram respeitados. Muito estranha essa situação. Por que não querem que os Trabalhadores acompanhem o que está acontecendo lá dentro?”, questiona Sant’Águida.

Também, com informações do Companheiro Rufino, Diretor jurídico da FINDECT, a ação que busca recuperar os bilhões de reais retirados do Postalis está caminhando. “Tivemos reunião com advogado nos EUA. Acertamos os detalhes e a ação está se movimentando. Os Trabalhadores têm direito ao dinheiro que saiu do Postalis por erros e desvios de outros”, comenta.

Acompanhe o nosso site durante toda a semana para saber mais sobre os assuntos tratados no Congresso da FINDECT.

Deixe uma Mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.