Pages Menu
RssFacebook
Categories Menu

Postado por em set 10, 2019 em Notícias, Sem categoria, Slides | 0 comentários

Em assembleia, Trabalhadores aprovam deflagração de greve

Em assembleia, Trabalhadores aprovam deflagração de greve

Em assembleia realizada na tarde desta terça-feira, dia 10 de setembro, os Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios deflagraram greve a partir da 0h desta quarta-feira.

A greve é resultado da intransigência da diretoria dos Correios durante a Campanha Salarial deste ano. As negociações não evoluíram após a direção se negar a alterar sua proposta e descartar a mediação do Tribunal Superior do Trabalho.

A empresa quer uma queda de braço com os Trabalhadores. A FINDECT esgotou todos os recursos de diálogo com a ECT. A proposta final da empresa antes da greve envolveu retirada de direitos e arrocho salarial. Veja mais alguns pontos:

  • Redução de 26 para 23 tickets e de 30 para 27 tickets
  • Fim dos tickets nas férias (com a manutenção do vale cesta)
  • Fim do Vale Peru
  • Exclusão do Vale Cultura
  • Redução do Adicional noturno de 60% para 20%
  • Redução da gratificação de férias de 70% para 33%
  • Redução de 200% para 100% a hora extra em dia de repouso
  • Reajuste nos salários e benefícios de 0,80% – MENOS DE 1/3 DA INFLAÇÃO

O salário recebido pelos funcionários dos Correios é o mais baixo dentre os funcionários concursados do Brasil, com a retirada e redução de direitos garantidos pelo ACT, muitos trabalhadores terão suas finanças comprometidas.

Junta-se a tudo isso a exclusão da possibilidade de incluir pais e mães no plano de saúde e as altas taxas de contribuição extraordinária paga ao POSTALIS e, pronto, teremos famílias em grave situação no final do mês.

Nosso papel com Sindicato, entidade que visa proteger os direitos da categoria e lutar por condições de trabalho, não vamos cruzar os braços e aceitar uma proposta dessas. Vamos lutar até o final para que possamos evitar essa navalhada no nosso Acordo Coletivo.

AGORA É GREVE!

Chegou o momento mais importante em termos de união da nossa Categoria. Agora é hora de mostrar ao governo e à atual diretoria da ECT o tamanho da força do Trabalhador. Apoie a greve, junte-se ao movimento paredista, exponha suas reivindicações junto conosco e some forças à nossa luta contra a retirada de direitos.

Precisamos lembrar que essa posição da diretoria da ECT tem como fundamento principal enfraquecer o trabalhador e suas entidades representativas, tudo para facilitar o processo de privatização, a venda de um patrimônio histórico e rentável, que é a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

A FINDECT, o SINDECTEB e demais os Sindicatos Filiados estão e continuarão se empenhando para fortalecer e unificar a luta da categoria. Mais do que nunca precisamos dos mais de 100 mil Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios unidos em defesa de seus direitos e salários.

Se você está em dúvidas sobre a importância da greve ou quer saber mais sobre o que o governo pretende fazer com nosso ACT, entre em contato com a diretoria do SINDECTEB ou delegado de sua região. Estamos todos prontos para informar o trabalhador sobre o que for preciso.

AGORA É GREVE! VAMOS LUTAR PELOS NOSSOS DIREITOS!

Baixe aqui o informativo de greve da FINDECT

Deixe uma Mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.